Pavan Zanetti participa de inauguração da Escola Senai do Plástico no ES

Leonardo Cruz de Andrade, Agostinho Miranda Rocha, Neviton Gasparini, Antonio Dottori, Andre Gomes e Kennedy Cardoso
Leonardo Cruz de Andrade, Agostinho Miranda Rocha (Sindiplast), Neviton Gasparini (Sindiplast), Antonio Dottori (Pavan Zanetti), André Gomes (Embali) e Kennedy Cardoso, na abertura oficial da Semana do Plástico.
« 1 de 8 »

 

Dia 29 de outubro, a Pavan Zanetti participou de um momento histórico para a indústria do plástico do Espírito Santo: a inauguração da Escola Senai do Plástico “Antonio Carlos Torres”. A nova unidade funciona num espaço de 600 m2, no Senai Civit, município de Serra, região que abriga um grande número de empresas transformadoras de plásticos, responsáveis pela geração de 8 mil empregos, aproximadamente.

A Escola Senai do Plástico “Antonio Carlos Torres” tem capacidade para qualificar cerca de 800 profissionais por ano.  Oferece cinco espaços didáticos para atividades práticas do curso Técnico em Plástico e demais cursos de qualificação e aperfeiçoamento profissional, como laboratório de projetos e concepção de moldes, ferramentaria e ensaios mecânicos do plástico.

Além de fornecer para a oficina da escola uma máquina sopradora e injetora que está garantindo um aprendizado alinhado com as mais recentes tecnologias de transformação de plástico, a Pavan Zanetti também colaborou com a Semana Tecnológica promovida no local, de 26 a 31 de outubro, ministrando o curso “Tecnologia do Processo de Injeção e Materiais Plásticos” para 34 especialistas do setor, que atuam na indústria capixaba. Outras palestras e cursos foram realizados por demais empresas participantes do evento, como Braskem e Synchro-Plast.

Os investimentos na nova unidade chegaram a R$ 4 milhões, sendo R$1,2 milhão em equipamentos, o que coloca esta escola entre as mais modernas e bem equipadas para as atividades práticas e teóricas em seu segmento (fonte: Indústria Capixaba, Set/Out 2015, número 230).

Veja o vídeo:

A iniciativa é resultado de uma parceria do Sindiplast-ES (Sindicato da Indústria de Material Plástico do Estado do Espírito Santo) com a Findes (Federação das Indústrias do Espírito Santo), por meio do Senai-ES.

Várias autoridades e empresários estiveram presente na inauguração, entre eles o governador do Estado do Espírito Santo, Paulo César Hartung; o presidente do Sistema Findes/Cindes, Marcos Guerra; o presidente do Sindiplast-ES , Neviton Helmer Gasparini; o diretor regional do Senai-ES e superintendente do Sesi-ES, Luis Carlos Vieira; o diretor da Findes, Leonardo de Castro; o gerente do Sesi/Senai/IEL, Leonardo Mello; o prefeito de Serra, Audifax Barcelos; o diretor superintendente da Abiplast, Paulo Henrique Rangel Teixeira; o diretor superintendente do Sindiplast, Agostinho Miranda Rocha; o gerente industrial da Embali, André Gomes.

Também participaram professores e funcionários da escola, técnicos e engenheiros das empresas de plástico capixabas, além dos fornecedores dos equipamentos das oficinas.

“A falta de mão de obra qualificada já comprometia a competitividade das indústrias de plástico em relação a outros estados”, destacou o diretor da Findes, Leonardo de Castro.

O presidente do Sindiplast-ES, Neviton Helmer Gasparini, compartilhou da mesma opinião. “Sabemos que a instituição é apenas um passo para que tenhamos indústrias mais fortalecidas, competitivas e que contribuam ainda mais para o desenvolvimento econômico do Espírito Santo. Entretanto, foi um passo importantíssimo e que respondeu a uma angústia e a uma preocupação histórica do empresariado do setor”.